Quais Doenças Causadas pela Dependência Química?

doenças causadas pela dependência química

As doenças causadas pela dependência química podem variar desde problemas de memória até doenças cardiovasculares e câncer, apenas para citar algumas. 

Apesar da gravidade das doenças possa variar de acordo com o tipo de droga, não tem como negar que as consequências são nefastas para a saúde.

Portanto, para evitar maiores complicações, até mesmo a morte, o ideal é buscar tratamento para dependentes químicos, especialmente quando a vida do usuário ou daqueles à sua volta está em risco.

Se você conhece alguém com problemas de uso abusivo de drogas ou álcool, é importante mostrar a ele todos os malefícios causados pelo uso de substâncias, e é justamente isso que vamos explicar aqui!

Quais as doenças causadas pela dependência química?

Quando se trata de doenças causadas pela dependência química, saiba que as patologias podem variar conforme o tipo de substância, sua frequência e o tempo de uso.

Então, para ficar mais fácil de entender, separamos aqui as principais doenças provocadas pelas drogas mais consumidas:

Cocaína

Estimulante do sistema nervoso central, a cocaína apresenta um alto risco de dependência, seja quando é injetada ou fumada.

Os usuários de cocaína são mais suscetíveis a contrair doenças sexualmente transmissíveis, hepatite e HIV, em razão do compartilhamento de seringas.

Nos casos de grandes quantidades, pode elevar os batimentos cardíacos, frequência respiratória, pressão arterial, o que pode levar a um infarto do miocárdio e AVC.

Tenha em mente que a cocaína é a droga que provoca mais casos de morte por overdose, cujos efeitos podem ser potencializados se usada em conjunto com álcool ou outras substâncias.

Justamente por isso que grande parte dos pacientes internados em clínica de recuperação é uma forma encontrada pelas famílias para proteger a vida da pessoa.

Maconha

Já no caso da maconha, o uso prolongado pode causar problemas de concentração, memória e déficit de atenção.

Além disso, entre as doenças causadas pela dependência química de maconha, podemos citar: doenças cardiovasculares, infertilidade, câncer e sem falar da dependência psicológica.

Um estudo entre usuários de maconha mostrou um risco mais elevado no desenvolvimento de transtornos psicóticos.

Álcool

Apesar do álcool ser uma substância vendida legalmente, isso não significa que seja inofensiva, muito pelo contrário.

O álcool aumenta o risco de: 

  • Cirrose e hepatite hepática;
  • Doenças no pâncreas e estômago;
  • Câncer de fígado;
  • Doenças de pele;
  • Impotência sexual;
  • Problemas cardíacos e no sistema nervoso central.

Para evitar todos esses malefícios, o ideal é buscar tratamento para alcoolismo, e mesmo não tendo cura, é totalmente possível conseguir controlar.

Heroína

A heroína, considerada uma droga perturbadora e depressora, é fabricada a partir da morfina.

Da mesma forma que a cocaína, quando é injetada, pode provocar o HIV ou hepatites, principalmente quando há o compartilhamento de seringas.

O problema é que seus efeitos são rápidos, o que faz o usuário usar em maiores quantidades, o que pode levar a quadros de insônia e anorexia.

Ecstasy

O ecstasy, muito presente em festas e usada com mais frequência pelos jovens, pode aumentar a pressão arterial, acelerar os batimentos cardíacos, mas há um risco elevado de desidratação, o que pode levar a uma parada cardíaca, inclusive morte decorrente de overdose.

Se o usuário apresentar algum transtorno mental, como a depressão e psicose, existe o risco de desenvolver Parkinson e Alzheimer, por causa da degeneração dos neurônios.

Enfim, agora que você já sabe quais doenças causadas pela dependência química, a melhor maneira de evitar todas elas é tratar a dependência assim que os primeiros sintomas surgirem.