Transtorno de Ansiedade e Dependência: Qual a Relação?

transtorno

O transtorno de ansiedade, às vezes, vem acompanhado de sintomas como problemas de sono, nervosismo e um desinteresse por atividades que a pessoa gostava de fazer.

Mas qual a relação com as drogas e álcool?

Muitas pessoas acabam usando drogas ou álcool como uma maneira de aliviar um pouco seus sintomas.

Infelizmente, o efeito é praticamente de curta duração, e as drogas e o álcool podem até agravar o problema, e para não chegar a esse ponto, a melhor solução é buscar por um tratamento para dependência química.

Para você entender melhor como ocorre esse mecanismo, vamos tirar todas as suas dúvidas aqui!

O que é transtorno de ansiedade?

Uma pessoa que sofre de transtorno de ansiedade sente uma ansiedade intensa sem ligação com um perigo ou ameaça real, que afeta seu funcionamento normal e suas atividades cotidianas.

A ansiedade é um fenômeno fisiológico natural: em resposta a um perigo ou a um estresse, o funcionamento do nosso corpo se modifica, e vem acompanhada de sintomas como:

  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Aumento da transpiração;
  • Problemas de sono;
  • Dificuldades para respirar.

Geralmente, esses sintomas desaparecem rapidamente.

Por outro lado, se esse transtorno não for tratado, pode levar ao alcoolismo, dependência de drogas e até tentativas de suicídio, além de outros problemas.

Qual a relação entre transtorno de ansiedade e dependência?

Em diversos casos, o abuso de substâncias e a dependência se desenvolvem quando as pessoas tentam aliviar a ansiedade com as drogas ou álcool, que parece ser a única maneira de fugir desses sentimentos.

Trata-se de uma solução temporária e potencialmente perigosa, porque se voltar para as drogas pode desencadear um transtorno de ansiedade, que é muito pior que o problema inicial.

Para outros, a dependência vem primeiro e causa um enorme estresse e uma grande ansiedade.

Seja qual for o caso, a dependência e a ansiedade podem se tornar um círculo vicioso, uma contribuindo para a gravidade da outra, onde o tratamento em uma clínica de recuperação é o melhor a ser feito.

Como tratar?

Os pesquisadores de dependência descobriram que não funciona tratar um problema sem tratar o outro.

O transtorno de ansiedade e a dependência devem ser tratados ao mesmo tempo, senão o tratamento para alcoolismo ou dependência química será ineficaz, o que aumenta consideravelmente o risco de recaída.

Infelizmente, muitas pessoas evitam o tratamento porque têm medo da ansiedade extrema, principalmente durante o período de abstinência.

No entanto, uma clínica de reabilitação é equipada para ajudar as pessoas a lidar com a ansiedade e outras dificuldades que podem surgir.

O tratamento da ansiedade consiste geralmente em terapias, como a terapia cognitivo-comportamental, que pode ajudar os pacientes a mudar os esquemas de pensamentos negativos.

No entanto, é fundamental que amigos e familiares entendam que a ansiedade afeta a química do cérebro, produzindo pensamentos negativos que geram mais ansiedade.

Ter esse conhecimento ajuda a compreender o que está acontecendo e como lidar com a pessoa, e esse apoio é crucial, pois à medida que ela se sente acolhida, se sente motivada a buscar tratamento!