Crise de Ansiedade o Que Fazer?

Antes de saber sobre crise de ansiedade o que fazer, é importante entender o que é crise de ansiedade.

Uma crise de ansiedade se traduz por um sentimento generalizado de inquietação, preocupação e medo intenso, sem um motivo aparente.

O transtorno de ansiedade impacta muito a vida da pessoa, que pode se isolar ou desenvolver outros problemas, como a depressão.

Durante uma crise de ansiedade, a pessoa pode apresentar os seguintes sintomas:

  • Dificuldade para dormir;
  • Dores musculares;
  • Palpitações;
  • Dor no peito;
  • Tremores;
  • Suores;
  • Dor de cabeça;
  • Vertigens;
  • Problemas de concentração;
  • Sensação de sufocamento.

É normal que pacientes em tratamento para dependência química apresentarem esses sintomas durante o período de abstinência.

Quais as causas de crise de ansiedade?

A ansiedade pode ser provocada por situações de estresse, e pode desaparecer quando o estresse passar.

Quando ela persiste, falamos de transtorno de ansiedade, cujas principais causas são:

  • Fatores ambientais;
  • Predisposição genética;
  • Traumas;
  • Depressão;
  • Doenças físicas.

Além dessas causas, muitas vezes, pacientes em clínica de recuperação podem apresentar crises de ansiedade, o que requer uma abordagem mais direcionada.

Crise de ansiedade o que fazer?

Geralmente, em razão dos sintomas físicos, a primeira ideia que se pensa durante uma crise de ansiedade o que fazer é procurar um atendimento de emergência.

Isso porque, a pessoa tem a sensação de estar tendo um ataque cardíaco e que vai morrer.

E após realizar os exames, é constatado que não existe nenhum problema físico, portanto, se trata de uma crise de ansiedade.

No caso de uma ansiedade leve, exercícios de relaxamento, meditação e yoga normalmente funcionam.

No entanto, em casos mais graves, talvez seja necessário o uso de ansiolíticos e psicoterapia.

Esses medicamentos têm um efeito rápido e diminuem os efeitos emocionais e físicos, porém, é preciso ter cuidado, pois podem criar uma dependência.

Quando procurar ajuda?

Agora que você entendeu tudo sobre crise de ansiedade o que fazer, qual é a hora de buscar ajuda?

Se as crises forem recorrentes e afetarem seu bem-estar físico e mental, é necessário buscar ajuda profissional, uma vez que pode se tratar de um transtorno de ansiedade.

Portanto, se você sentir um medo constante, sem um motivo real e que aparece de modo inesperado, é um dos primeiros sinais de alerta.

É importante o acompanhamento médico, não apenas para diagnosticar o problema, mas também para traçar o tratamento mais adequado.