Efeitos do álcool no corpo das pessoas!

Quando falamos em dependência química, o principal problema é o tráfico de drogas, cocaína, maconha, crack, ecstasy e muitos outros. No entanto, o grande inimigo está disfarçado como um casaco de aceitação social. O álcool não é sequer considerado uma parte significativa da sociedade como uma droga que causa dependência física e psicológica. Sua venda é gratuita e tem absorvido uma cultura moderna de lazer e comunicação. Encontrar um amigo, um happy hour depois de um dia cansativo, uma balada de sábado à noite, uma parada num bar do lado de fora do escritório é inútil sem álcool. Por não ser ilegal, fica mais fácil para o seu consumo, causando diversas doenças e até uma dependência alcoólica na pessoa. Precisando então de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos!

Entretanto, com o aumento do consumo, o efeito relaxante das primeiras doses desaparece. Se a vida com um bêbado o incomoda, então à luz do mal que o álcool pode causar, e que não se limita aos distúrbios hepáticos, não é nada. A capacidade emocional, que num piscar de olhos transforma um alcoólatra sorridente em violento, é responsável não só pelo crescimento da criminalidade, mas também pela destruição de muitas famílias.

Beber em doses moderadas é possível, mas é raro as pessoas perceberem que estão abusando do álcool e consumindo álcool que é prejudicial à sua saúde. Muitos deles ainda não se tornaram viciados, mas assumem riscos que são necessários e que podem ser evitados. Não devemos esquecer que a grande maioria dos acidentes rodoviários ocorre quando uma pessoa está dirigindo e está bêbada.