Os males causados pelas drogas

Os médicos chamam qualquer medicamento, natural ou sintético, que altere as funções do corpo, tanto físicas quanto comportamentais, que é usado como medicamento.

Drogas psicoativas são todas substâncias, também naturais ou sintéticas, que, quando entram no corpo – ingeridas, injetadas, inaladas ou absorvidas pela pele – entram na corrente sanguínea e afetam o cérebro, alterando todo o seu equilíbrio.

Exemplos de analgésicos, anestésicos, tranquilizantes e outros medicamentos, bem como álcool, cigarro, maconha e outras substâncias consumidas para gerar sentimentos de euforia e bem-estar, mais do que levam a graus e causas pessoais e sociais do sexo masculino.

Esse tipo de droga também é chamado de México ou Narcótico, palavras que deram origem aos termos tráfico de drogas e tráfico de drogas.

Dependência

Dependência é o consumo descontrolado de qualquer tipo de medicamento considerado uma doença que inclui fatores fisiológicos e psicológicos. O diagnóstico daqueles que são dependentes do medicamento é feito quando eles apresentam três ou mais fatores listados abaixo e em determinados intervalos de tempo:

  • Fatores de dependência
  • Forte desejo de compulsão em consumir uma substância;
  • Dificuldade em controlar o uso de substâncias;
  • o indivíduo não tem controle sobre um tempo para começar ou terminar, nem pode repelir o desejo de doses altas;
  • Evidência de tolerância: quando uma pessoa usa doses crescentes do medicamento para alcançar os mesmos efeitos anteriormente utilizados por doses mais baixas;
  • Abandono progressivo de prazeres ou interesses na vida em favor do uso de drogas;
  • Aumentar a quantidade de tempo necessária para obter ou tomar uma substância ou recuperar seus efeitos;
  • Persistência no uso de substâncias, apesar dos efeitos nocivos que causam, tais como: danos ao fígado devido a bebidas alcoólicas excessivas, estado mental, alteração etc.